fbpx
As três chamas do lar

As Três Chamas do Lar

As três chamas do lar são a vida de esposa, de mãe e educadora e a de dona de casa.

“À porta de teu lar me apresento, leitora, e peço entrada. Venho trazer, nas páginas deste livro, muitos pensamentos e muitas ideias, muito conforto e muito encorajamento para tua vida.

Tua vida! Está repartida em três chamas que iluminam e aquecem: a vida de esposa, de mãe, de educadora e a de dona de casa. Dirás que são os teus calvários. Mas calvários iluminados e redentores, quando o coração os transfigura.” (As Três Chamas do Lar)

O autor

Este livro foi escrito pelo Padre Geraldo Pires, foi um sacerdote brasileiro, nascido em São Paulo, ordenado em 1917. Faleceu aos 74 anos de idade.

Prontamente dedicou-se a formações para seminários e retiros sendo lembrado sempre por sua alegria e piedade. Também foi autor de vários livros.

Então, a obra “As três chamas do lar” de sua autoria, foi escrito direcionando uma formação para as mulheres onde se destaca os três essenciais papéis de uma mulher na família: esposa, mãe e educadora, e dona de casa.

Diz o Padre Geraldo:

“Sai este livro como um preito de gratidão filial. Queria eu pagar à minha mãe tudo quanto fez e sofreu — nisso se compendia a vida das mães — por mim. Pensei que, auxiliando e orientando suas irmãs de sacramento e maternidade, estaria reconhecendo publicamente os méritos seus e das outras.”

Sobre a obra As Três Chamas do Lar

A linguagem do livro é simples e singela. É, sobretudo, cordial. Onde se torna mais severa, é onde justamente o reclama, o vivo interesse por tua alma feita para ser feliz, mesmo dentro do lar, com todas as cruzes que o enfeitam.

Desse modo, o livro é dividido em mais de 50 capítulos, fazendo um completo apanhado de tudo o que deve compreender, fazer e ser dentro de casa para realizar com perfeição esta tarefa cuidando do marido e dos filhos por Deus confiados.

O texto inicia-se com uma explicação das três chamas, relembrando, então, a essência da missão da mulher e importância de deixar transparecer a
feminilidade na realização do mesmo.

Assim, a obra fala da nobreza deste papel, do conhecimento e domínio de si, e da profunda fé e piedade que deve seralicerce de um lar.

Dona de casa

Como dona de casa se abrange todos os comportamentos que deve ter
e como avançar na execução das muitas e importantes atividades que a ela
compete, tanto na preparação da comida, como o cuidado com a saúde dos
seus.

Desde a decoração e ordem sadia de uma casa até os horários a serem
estabelecidos e criteriosamente seguidos, e o que tudo isso influencia na
educação e formação de todos os seus.

Esposa

Como esposa, deve dedicar-se ao marido sendo amparo emocional e pratica em suas mais simples necessidades materiais. Deve ela ser sempre alegre, prestativa, significando o consolo e compreensão que este tanto precisa.

Além disso, na vida espiritual, a esposa deve manter-se em sacrifício e orações, auxiliando-o nas fraquezas, deve ser a mulher uma referência de fé, a base sólida dentro deste santuário chamado família.

Contém também intercalada a encíclica do Santo Padre Pio XI, dirigida aos casados. Na maioria dos casos forma uma conclusão ao capítulo que a precede.

Mãe e educadora

Nas obrigações de mãe e educadora são apanhados muitas peculiaridades sobre a formação da criança, desde o ventre da mãe até sua preparação na vida jovem para escolha de uma vocação.

É, sem dúvidas, um manual completo!

Nos primeiros anos de vida da criança se fala de todos os cuidados que se deve ter para com este cristão em formação, tudo que envolve o molde deste caráter e deve ser tido como de suma importância para a mãe.

Pequenas atitudes mais que causam grande efeito na boa formação dos filhos, a preparação para a chegada dos irmãos, o convívio entre eles, os maus comportamentos deve pela mãe estar esclarecida a causa e ter
ela o domínio de como proceder.

Concluindo

Portanto, podemos ver nestas poucas linhas, como é vasta a bagagem de saberes que precisam estar claros para uma mulher ter bom êxito na formação de um lar.

Então, para que tudo isto se torne possível sobre tudo deve ela querer cumprir sua missão e viver para agradar a Deus.

E, a partir disso, com conselhos seguros de bons livros, como este escrito por um sacerdote que consciente deste cargo que tanto exige escreve uma completa formação que lidos com consciência te será leitora, um grande auxílio.

Além disso, nas linhas que vais ler, rezando — para que Deus leia contigo, debruçada sobre as páginas — perceberá que o Padre Geraldo Pires procurou reunir vozes que falassem ao teu coração de cristã.

Assim, teu coração será uma lareira bendita onde se acendem os fachos de todos os ideais.

Leitora, aceita mais este livro para teu coração. Tome-se o tempo de refletir um pouco sobre estes assuntos. Nem sempre as ideias são como flores que encantam. Às vezes são como nozes, ásperas, mas só por fora.

Vários assuntos de importância não puderam ser tratados. Pois, resumidos, pouco diriam e, desenvolvidos, aumentariam por demais o volume do livro. Por isso indicamos para complemento na formação da mulher casada também a leitura dos seguintes livros:

O Matrimônio Cristão – Monsenhor Tihamer Toth (Apêndice Encíclica “Casti connubii” – Papa Pio XI)

A Mãe Segundo a Vontade de Deus – Padre J. Berthirt, M. S.

A Mãe Cristã – Dom W. Cramer

Manual das Mães Cristãs – Padre Theodoro Ratisbonna

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.