fbpx

GRUPO EXCLUSIVO PRÉ VENDA LIVRO ANTICOMUNISMO

EU QUERO ENTRAR!

Epístola para o dia 30 de Outubro

Tempo de leitura: 3 min

Epistola Padre Jean

Neste sábado, a Livraria Caritatem traz para você a leitura da Epístola proposta pelo Padre Jean Croiset em sua obra O Ano Cristão! Com uma reflexão sobre como é comum que deixemos o tempo passar sem tomar resolução alguma, enquanto que nosso tempo de vida é contado e calculado pela Divina Providência, o padre nos leva à urgência de nosso único dever: buscar a Cristo.

Leitura da Epístola

A leitura de hoje está na Epístola aos Efésios, capítulo 5, versículos de 16 a 17:

“Vigiai, pois, com cuidado sobre a vossa conduta: que ela não seja conduta de insensatos, mas de sábios que aproveitam ciosamente o tempo, pois os dias são maus. Não sejais imprudentes, mas procurai compreender qual seja a vontade de Deus.”

NOTA — “As datas que se leem nos exemplares gregos, ao final da epístola de São Paulo aos Efésios, afirmam com veemência que ela foi escrita em Roma; este apóstolo aí fala muitas vezes de sua prisão. Como São Paulo esteve na capital do mundo duas vezes acorrentado, é muito provável que seja da primeira destas duas prisões que o Apóstolo fala, tanto mais que foi o diácono Tíquico o portador dela.”

Reflexões

“Resgatemos o tempo, porque os dias são maus.” Resgata-se o tempo quando se sacrifica o repouso, a comodidade, os bens e os prazeres para se preocupar continuamente com o pensamento da salvação, que é o único negócio necessário nesse mundo. Tudo conspira para nos roubar este tempo tão precioso, ou pelo menos para nos fazer perdê-lo: nossos amigos, nossos inimigos, o cuidado do corpo, dos bens, nossos cargos e nossos negócios.

Andamos expostos a mil perigos, a mil tentações, a mil escândalos. Nosso dever, nosso ardor, nosso grande negócio deve ser resgatar, conservar, fazer valer este tempo tão precioso e que voa tão rápido. O tempo desta vida não nos pertence; nós estamos aqui, na verdade, como estrangeiros e viajantes. Portanto, usemos dele com sabedoria, poupemo-lo com inteligência, resgatemo-lo à custa de tudo o mais.

O tempo perdido não volta mais, mas fazendo bom uso do tempo que nos resta, podemos indenizar-nos da perda do que já passou. Poucos são os que sabem o valor do tempo. Que se faz, pois, deste tempo tão precioso? A maior parte não sabe o que fazer dele, busca antes perdê-lo. Daí tanta gente ociosa, tantas pessoas cansadas de seu lazer. O tempo demora para quem o perde, enquanto que se escapa e voa para aqueles que sabem fazer bom uso dele.

O fim já está marcado

Nossos dias estão contados, e é só neste punhado de dias que podemos fazer nossa fortuna para o Céu e para a eternidade. Coisa estranha! Essas mulheres mundanas, cuja vida inteira se compõe de um tecido de divertimentos, de jogos, de ociosidade, de folguedos não podem ganhar sua salvação senão neste tempo que perdem. Cai-se perigosamente enfermo? Aí sim, então, corre-se ao confessor, à recepção dos sacramentos.

Tem-se pressa de deter alguns pensamentos fugitivos, com a razão e a religião, por assim dizer, meio apagadas, e tudo isso para operar a própria salvação neste restinho de vida; no entanto, perde-se todo o tempo da vida a sangue frio, com reflexão e com vontade de querer perdê-lo! O futuro não está nas mãos da sorte, mas nas de Deus; Ele nos deu o tempo presente como um talento, do qual teremos de prestar contas.

Não paremos, pois, de prestar atenção ao valor do tempo. É crucial que nosso ardor em usar bem dele se iguale à rapidez com a qual ele escorre para fora de nossas mãos. Nada mais triste, nada mais desesperador do que a mágoa de ter perdido o tempo, quando este nos escapou.

Garanta já a sua edição!

Não é preciso discorrer muito sobre o quão profunda e urgente mesmo é esta reflexão. O tempo da conversão é hoje, a busca pela graça ocorre agora; não podemos perder um segundo sequer!

Para ter acesso a mais meditações como essa, colabore para que a Livraria Caritatem possa com excelência trazer a imensa obra que é O Ano Cristão de volta para o cotidiano do fiel católico. Assim que atingirmos 100% da contribuição esperada, os envios dos livros serão iniciados e eles poderão estar em suas mãos o quanto antes!

Por isso, acesse o site da campanha e garanta já a sua edição desta belíssima coleção! Nesta primeira parte de nossa campanha, você receberá os três primeiros tomos. Referentes aos meses de Janeiro, Fevereiro e Março, eles serão de indispensável auxílio para a formação da alma e para a educação espiritual de todo seguidor de Cristo!

Compartilhe agora mesmo:

Você vai gostar também:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta


*


*


Seja o primeiro a comentar!

JUNTE-SE A MAIS DE 100 MIL LEITORES

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade