fbpx
O Meu Retiro

O Meu Retiro

Estamos nos aproximando da quaresma, um tempo propício de conversão. O Meu Retiro é uma oportunidade perfeita de nos inclinarmos a Deus e o buscarmos verdadeiramente.

Quando Deus nos chama a um retiro, diz Padre Baeteman, é um sinal que Ele deseja nos salvar.

O retiro é uma graça excepcional; chamando-vos a ele, Deus certamente tem sobre vós desígnios de misericórdia e amor.

A alma necessita de um retiro

No meio das agitações do dia, esquecemos de olhar para as necessidades profundas de nossa alma.

É necessário, portanto, de tempos em tempos, retirar-se e parar por alguns dias. Elevar a alma para o encontro com o nosso Criador.

Certamente não temos em nosso dia a dia tempo para debruçarmos sobre as causas que nos fazem tropeçar. Acabamos entrando no automático de queda-confessionário.

A queda nos impele arrependimento e a confissão sim! Mas O Meu Retiro faz um convite para olhar para dentro e encontrar nosso defeito dominante.

Defeito dominante

Nós podemos chamar o defeito dominante de Golias da vida espiritual. Ele nos assusta e amedronta, é grande e parece ser invencível.

Mas se o derrotarmos, conseguimos triunfar sobre nossas inclinações que derivam deste defeito.

Assim, todas as inclinações de temperamento, pecados de ”estimação”, vícios e tantas coisas que nos fazem cair se tornam previsíveis.

Conhecendo nosso defeito dominante e tratando-o, alcançamos a causa dos pecados e não só as consequências dele.

Os frutos do Retiro

O autoconhecimento é um dos frutos de fazer um retiro. Olhar para dentro de si é olhar para o que Deus deseja de nós e porque estamos longe desse ideal.

Além disso, o retiro tem como uma de suas graças reanimar as chamas que estão apagadas em nossa vida cristã. É um recomeçar com Nosso Senhor.

As meditações de cada dia nos mergulham nos mistérios de nossa fé e redenção, tornando ainda mais firme o chamado de sermos operários da messe.

Grande graça é, também, a perseverança, pois o Senhor chama atenção às condições de sermos fiéis até o fim para alcançarmos a salvação eterna.

Resoluções do Meu Retiro

O retiro não pode jamais encerrar em si. Após tantas graças e frutos que o Senhor, com tanta bondade nos concedeu, é preciso voltar ainda melhor.

Por isso, cada dia de retiro termina com uma resolução e uma tarefa simples que aumente o fervor e o amor para com nosso tão bom e divino Senhor.

Não se esqueça de fazer uma boa confissão segundo as instruções que o padre Baeteman concede.

Tempo de conversão

A quaresma é um tempo de muitos frutos para a vida interior do ano inteiro. Aproveite este tempo para aproximar-se de Deus e desejar a salvação de nossas almas.

Os Exercícios Espirituais também serão muito úteis neste tempo.

Felizmente, Nosso Senhor nos concede tantas oportunidades para uma verdadeira conversão.

Deo Gratias!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.