fbpx

Você sabe o que é O Ofício Parvo de Nossa Senhora?

A partir deste artigo você conseguirá compreender o que é o Ofício Parvo de Nossa Senhora.

Inicialemente vale dizer que hoje muitos desconhecem essa excelsa devoção a Nossa Senhora. Entenda o que é e como praticá-la, para crescer na devoção à Santa Mãe de Deus. Vamos à leitura, não deixe para depois algo que edificará a sua alma!

Assim, todos nós sabemos que a Santa Igreja, a fim de nos elevar a Deus no nosso dia a dia, possui o seu conjunto de Orações Públicas e Comunitárias Oficiais para todos os fiéis, conjunto chamado de “Ofício Divino”.

Além disso, as orações contidas no Ofício Divino recitamos em diferentes horas do dia. Isto segundo o que indicava o salmista: “Cantei vossos louvores sete vezes ao dia”.

Dessa forma, a Igreja dos primeiros séculos distribuiu as orações públicas em sete horas.

Vejamos quais são:

Matinas e Laudes, que se recitavam à meia noite;

Prima, após o levantar do sol;

Terça, às nove horas da manhã;

Sexta, ao meio-dia;

Nôa, às três horas da tarde;

Vésperas, às seis horas da tarde;

Completas às nove horas da noite.

Sendo assim, concluimos que nos séculos de verdadeira fé estas diversas partes do Ofício divino eram salmodiadas todos os dias às horas marcadas. Tempos depois, a Igreja por condescendência e atendendo às necessidades e à fraqueza de seus filhos, mostrou-se mais indulgente neste ponto.

O que é o Ofício Parvo de Nossa Senhora?

Seguindo o contexto acima, surgem os Ofícios Parvos. 

Parvo significa parvas (as versões simples ou simplificadas das orações e liturgias). Uma vez que vem de parvus, que em latim significa justamente “pequeno”. 

Portanto, o Ofício Parvo de Nossa Senhora é essa obra que busca as finalidades do Ofício Divino para as almas dos fiéis. Utiliza-se de orações marianas para adorar e louvar a Deus.

Como é composto o Ofício Parvo de Nossa Senhora?

Em outras palavras o Ofício Parvo de Nossa Senhora, então, é composto por orações que seguem a mesma estrutura do Ofício Divino. São elas: textos bíblicos com maior ou menor referência ao mistério de Maria, com salmos e antífonas apropriadas, responsórios, intercessões e oração, toda de um caráter mariano. 

Quem deve rezar o Ofício Parvo de Nossa Senhora?

Além disso O Ofício Parvo de Nossa Senhora pode ser rezado por todos os fiéis. Desde as primeiras organizações de suas orações, tem por objetivo tornar o Ofício Comum mais acessível. Pensado para as pessoas que não vivem uma vida religiosa tão contemplativa, mas que pela agitação das atividades cotidianas, precisam fazer orações mais breves.

Por isso, ele é mais direcionado a religiosos de vida mais ativa, terciários, oblatos e leigos em geral.

Conclusão

Concluindo fica clara a necessidade de recuperar as orações do Ofício Parvo de Nossa Senhora nas nossas vidas. Isto é de suma importância no momento em que vivemos, onde as devoções marianas tem sido uma por uma jogadas ao esquecimento ou à distorção dos seus valores originais.

Colocar novamente Nossa Senhora no centro da nossa vida religiosa em família é garantir a proteção dessa Virgem Mãe para os cônjuges, os filhos, as gerações vindouras, à pátria, à Igreja.

Portanto, se você deseja ter Nossa Senhora como modelo de oração e devoção a Deus, esta obra é um caminho seguro e comprovado para alcançar o que você deseja.

Ela está sendo recuperada pela Editora Caritatem, a fim de atender a esse desejo tão agradável e salutar dos fiéis devotos à Virgem Maria.

Leia também: Por que me consagrar a Nossa Senhora?

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

2 Comentários

  1. Tenho interesse em adquirir um livro do ofício parvo de nossa senhora

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.