fbpx

Adquira sua coleção Ano Cristão com até 40% de desconto!

ACESSAR OFERTA

Quem foi São Bernardo Claraval?

Nascido no Castelo de Fontaine em 1090, perto de Dijon (França), pertencia a uma família nobre, a qual se assustou com sua decisão radical de seguir Jesus como monge cisterciense.

São Bernardo Claraval é considerado pela Família Cisterciense um segundo fundador, pois atraía muitos para a Ordem, que as mães e esposas afastavam os filhos e maridos do santo; tamanho era real o poder de atração de Bernardo que todos os irmãos, primos e amigos o seguiram. 

Homem de oração, destacou-se como pregador, prior, místico, escritor, fundador de mosteiros, abade, conselheiro de Papas, Reis, Bispos e também polemista, político e pacificador.

No ano de 1115, o seu abade Estevão mandou-o com doze companheiros fundar, no Vale do Absíntio, aquilo a que São Bernardo chamou Vale Claro (Claraval). 

Do Mosteiro de Claraval, o santo irradiava a luz do Cristianismo, isto também pelos escritos, como o Tratado do Amor de Deus e o Comentário ao Cântico dos Cânticos.

A invocação é fruto de sua profunda e sólida devoção a Nossa Senhora: “Ó clemente, ó piedosa, ó doce e sempre Virgem Maria”. Pela Mãe do Céu, foi acolhido na eternidade em 1153.

Escreveu numerosas obras, milhares de cartas, mais de 300 sermões; interveio em todas as disputas doutrinais, em todas as grandes questões religiosas e seculares da época.

Desde o começo do ano de 1153, Bernardo sentiu a morte se aproximar. O trânsito do Papa Eugênio deu-lhe o golpe fatal, ao apartar-lhe do que considerava seu melhor amigo e consolador.

São Bernardo de Claraval morreu aos 63 anos, após passar quarenta anos no claustro. Fundou 163 mosteiros em diferentes partes da Europa (quando de sua morte, já eram 343). 

Foi o primeiro monge cisterciense inscrito no calendário dos santos e foi canonizado por Alexandre III a 18 de janeiro de 1174. 

O Papa Pio VIII lhe concedeu o título de Doutor da Igreja. Os cistercienses honram-no como somente se honra os fundadores de ordens, pela maravilhosa e extensa atividade que deu à Ordem de Cister.

Por ordem de tempo, considera-se o último dos Padres da Igreja. Seu editor, falecido em 1707, Mabillon, escreveu sobre ele: “É o último dos Padres mas iguala os maiores”.

São Bernardo Claraval, rogai por nós!

————————————

São Bernardo de Claraval é o autor do livro digital do mês de abril do nosso Clube de Leitura, “As Grandezas de Maria”. Essa obra, traduzida do espanhol, é inédita no Brasil e conta com todas os recursos de leitura do nosso aplicativo para otimizar sua experiência.

Nossos leitores receberão essa e mais duas obras neste mês, além de uma série de benefícios como: brindes especiais, acesso gratuito ao nosso aplicativo de leitura, grupo exclusivo para membros, descontos na nossa livraria e em lojas parceiras e muito mais.

Se você também deseja receber a obra de São João Eudes e todos os outros benefícios do nosso Clube de Leitura, clique aqui.

Compartilhe agora mesmo:

Você vai gostar também:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta


*


*


Seja o primeiro a comentar!

JUNTE-SE A MAIS DE 100 MIL LEITORES

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade